Cursos

ESPECIALIZAÇÃO EM MUDANÇAS CLIMÁTICAS E PROJETOS DE CRÉDITO DE CARBONO

    Gostaria de ser avisado quando abrir uma nova turma?

  • Porque fazer o Curso?

    O lançamento excessivo de gases de efeito estufa na atmosfera, em quantidade maior do que as florestas e oceanos são capazes de absorver, ocasionaram um problema global para a humanidade em decorrência de um processo de mudanças climáticas causadas pelo aquecimento do ecossistema terrestre.
    Em razão deste desafio, sob os auspícios da ONU – Organização das Nações Unidas, em 1992 uma grande quantidade de nações assinaram a Convenção-Quadro sobre Mudanças do Clima, prescrevendo condutas para o combate ao processo de aquecimento global. Como desdobramento desta Convenção, em 1997 foi celebrado o Protocolo de Quioto com o objetivo de reduzir as emissões de gases de efeito estufa.
    Por meio deste Protocolo criou-se o chamado MDL – Mecanismo de Desenvolvimento Limpo, compreendido como um instrumento econômico que trabalha a questão da redução da emissão de gases por meio de um comércio de certificados de crédito de carbono advindos de atividades que contribuem para a captação de carbono da atmosfera.
    Conforme descreve o Portal do Agronegócio, trata-se de um mercado em franca expansão que, em 2005 movimentou US$ 3 bilhões e, em 2009, atingiu US$ 138 bilhões (http://www.portaldoagronegocio.com.br/conteudo.php?id=41249).
    Segundo dados do Jornal Estadão, o comercio global de crédito de carbono deverá crescer cerca de 33% em 2010, alcançando um total de 170US$ bilhões em negociações (http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,mercado-de-carbono-pode-crescer-33-este-ano,503775,0.htm).
    Assim, a expectativa é de um “crescimento vertiginoso nos próximos anos” mas, embora o Brasil esteja entre os 3 países que mais negociam os créditos, “ainda falta capacitação de mão-de-obra para a elaboração dos projetos para serem aprovados pela ONU (Organização das Nações Unidas)” (http://www.portaldoagronegocio.com.br/ conteudo.php?id=41249).

     

    Objetivos

    Qualificar profissionais para a compreensão do processo de mudanças climáticas e seus impactos;
    Promover o conhecimento a respeito dos contornos e fundamentos do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) e identificar a respectiva viabilidade de ações de seqüestro de carbono;
    Fornecer embasamento para identificação de oportunidades para o desenvolvimento de projetos de crédito de carbono;
    Preparar profissionais para a elaboração e acompanhamento de projetos de crédito de carbono, apresentando toda a dinâmica e as respectivas fases do procedimento de sua viabilização.
     
     
    Local de realização do curso
    Bauru - SP (aulas uma vez por mês)
     
     
    Público Alvo
    Dirigido a todos os profissionais com interesse na área de mudanças climáticas e créditos de carbono tais como: Dirigentes, diretores e gestores relacionados ao segmento empresarial, administradores, economistas, contadores, advogados, biólogos, engenheiros, arquitetos, geógrafos, geólogos, sociólogos, etc
     
     
     
     
    Disciplinas
     
    NOME DA DISCIPLINA
    CH
    Metodologia Científica
    20
    Efeito estufa e mudanças climáticas
    20
    Economia e mudanças climáticas
    20
    Convenção de Mudanças Climáticas e o Protocolo de Quioto
    40
    Direito ambiental aplicado
    20
    Gestão de projetos
    20
    Contabilidade ambiental
    20
    Bases para elaboração de projetos de crédito de carbono
    40
    Viabilidade Técnica e Financeira de projetos de credito de carbono
    20
    Inventário de emissões
    20
    Projetos de crédito de carbono em diferentes setores
    (bioenergia, energia elétrica, aterros e efluentes, floresta e reflorestamento, etc)
    80
    Tópicos especiais em mudanças climáticas e projetos de crédito de carbono
    40
     
    TOTAL DA CARGA HORÁRIA
    360
     
     
     
    Duração e Periodicidade do Curso
    Aulas uma vez ao mês
    A oferta das disciplinas será viabilizada mediante 18 encontros concentrados, realizados preferencialmente uma vez por mês durante os dias de sexta (noite), sábado (manhã e tarde) e domingo (manhã).
    Os 18 encontros serão concretizados no máximo em 22 meses. A partir da conclusão das disciplinas, é aberto aos alunos o prazo de 3 (seis) meses para a apresentação dos trabalhos de conclusão do curso.
     
    ►Formação de turma sujeita à inscrição de um número mínimo de alunos.

     

     
     
Instituto Vidrih - Educação e Desenvolvimento Profissional - Fone: (11) 3804-5439 - São Paulo, SP - Desenvolvido por RogerWD